Museu Imperial de Petrópolis recebe título de Memória do Mundo da UNESCO

O Museu Imperial de Petrópolis recebeu a nominação para o Registro Nacional do Comitê do Programa Memória do Mundo, concedida pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura –, que tem por objetivo identificar documentos e/ou conjuntos documentais com valor de patrimônio documental da humanidade. A nominação no Registro Nacional diz respeito ao Conjunto documental referente às viagens do imperador Dom Pedro II pelo Brasil e pelo mundo, sendo que o material encontra-se disponível para consulta no acervo do museu. A titulação recebida é nacional, mas daqui a dois anos o Museu Imperial concorrerá com a mesma documentação à titulação internacional, podendo se tornar, assim, Patrimônio da Humanidade.

“O registro reconhece a importância do legado do imperador D. Pedro II e premia o trabalho desenvolvido ao longo de 70 anos no nosso Museu Imperial em benefício da sociedade brasileira”, afirma o historiador Maurício Vicente Ferreira Júnior, diretor da instituição.

O conjunto é de importância não só para a biografia do segundo imperador do Brasil, mas, sobretudo, para a pesquisa da história do país e do contexto social, cultural e político internacional da segunda metade do século XIX. É constituído de diários pessoais, cadernetas e itinerários de viagens, correspondências, registros de visitas e contatos do imperador, relatórios de despesas da mordomia imperial, jornais e outros periódicos, panfletos, programas, saudações e homenagens, convites, desenhos e gravuras, doados, em 1948, ao Arquivo Histórico do Museu pelo príncipe D. Pedro Gastão de Orleans e Bragança.

Sobre o Programa

A UNESCO criou o Programa Memória do Mundo, em 1992, devido à consciência crescente do lamentável estado de conservação do patrimônio documental e do deficiente acesso ao material em diferentes partes do mundo. O projeto reconhece patrimônios documentais de significância internacional, regional e nacional. Mantém o seu registro e lhes confere um certificado, que os identifica. O Programa facilita também a preservação e o acesso a este patrimônio, sem discriminação, e trabalha para despertar a consciência coletiva sobre a sua importância, visando aumentar a responsabilidade quanto ao patrimônio documental, alertando governos, público em geral, setores industriais e comerciais da necessidade de preservação e de arrecadar recursos.

Manuscritos e caderneta de viagem com anotações do imperador Pedro II

Serviço:
É possível agendar visitas e consultas ao acervo pelos telefones: (24) 2254-1627 e 2245-1675 ou pelo e-mail arquivohistorico@museuimperial.gov.br.

Museu Imperial de Petrópolis
Endereço: Rua da Imperatriz, 220
Centro – Petrópolis, RJ
Site: http://www.museuimperial.gov.br

Anúncios